Imita a arte?

Lendo o jornal online, apareceu uma notícia de 2010 sobre o furto ao Banco Central em Fortaleza.
Um caso de amor que desmantela a quadrilha, tudo foi cinematográfico. São ações que facilmente dariam um filme. Esse encantamento com as imagens é curioso, e gosto de pensar nisso. Mas achei engraçado uma matéria de jornal começar assim, e terminar de um jeito meio Nelson Rodrigues, “Quando a PF teve convicção de que sete dos acusados de furtar o banco eram da cidade, Nicodemos, o forasteiro que chegou com a conversa de formar família, sumiu. Talvez até hoje a mulher abandonada não saiba que, na realidade, viveu um falso caso de amor.”

Anúncios