a fotografia e o poder.. da memória

Eu tinha um tanto de filmes para revelar e revelei compulsivamente semana passada. Daí digitalizei quase tudo, algo que tenho feito por muito tempo nesses últimos dias, com a intenção de organizar melhor meus arquivos.

E vi fotos que nem lembrava, obviamente. Foi duro ver as imagens do meu finado cão aparecerem, das alegrias de uma saída fotográfica na praia, de lugares que visitei que parecia outro país… e era o centro de SP, que lugar lindo… Revelei ao menos 3 praias diferentes, um rio, 3 saídas fotográficas, duas cidades do interior, e um monte de retratos.

Fiquei pensando se alguém gostaria de fazer isso comigo. Revelar filmes coloridos.

No ano de 2000 aprendi a revelá-los na mão. Dá um pouco de trabalho. Mas é uma felicidade só.

Quem sabe mais para frente aparece um curso desses por aí..

 

Foto: Paraty com Foco Flow! Pinhole 35mm revelado na unha!

Pinhole Paraty Beth Lee

 

 

Revelação Cor

Revelar o próprio filme sempre foi uma das minhas vontades. Revelar filme colorido então era algo como o caminho a se seguir, quase como uma filosofia de vida. Fazer o que faço com os processos históricos então, é a própria vida, que faz sentido para mim.

Recentemente surrupiaram minha câmera digital, mas nem fiquei tão triste como achei que ficaria. Triste foi perder as fotos de documentação das minhas aulas, que tinha tirado dois dias antes do acontecimento, e da palestra do mestre Kenji, que não consegui nem ver.
Mas isso me fez perceber que o mais importante nunca vão levar, que é justamente meu trabalho, os conhecimentos que acumulo.

Vou documentar minhas aulas com filme.

A revelação cor se diferencia em alguns pontos da revelação preto e branco. A química é bem diferente. Temos o Revelador C-41 para filmes negativos, em seguida o Branqueador e o Fixador. O processo é feito numa temperatura maior, 38 graus Celsius, e de preferência separamos tanques que não são utilizados para PB, para se ter maior controle.
Para revelar cromos usamos um banho chamado E-6, e são seis químicos para esse processo, que num próximo post pode ser mais bem descrito.

Esses químicos são mais tóxicos, deve-se tomar maior cuidado utilizando equipamento de segurança adequados. Máscaras preferencialmente com filtros de ar, luvas, óculos e avental, e manusear em local ventilado.

Podem ser comprados na Revela Photo na Barão de Itapetininga 216 e algumas vezes se encontra na http://www.dinashop.com.br os kits da Tetenal.

A agitação é bem diferente. Não se deve criar bolhas, como fazemos no PB, giramos o tanque para passar pelo filme.

E seguem os tempos:

Em banho-maria a 38 graus
Pré lavagem – 1minuto e 15segundos
Revelador – 3 minutos e 15 segundos
Branqueador – 4 minutos
Lavagem – 2 minutos
Fixador 4 minutos
Lavagem 4 minutos

Deve passar ao final um produto chamado Estabilizador, funciona como um Photoflo.

Existem algumas máquinas que fazem todo esse processo, a mais bonita é a Jobo.

Olha que linda... jobo do senac

Olha que linda… jobo do senac

Foto de Câmera Descartável:

Bom Retiro - 2012 - BethLee

Bom Retiro – 2012 – BethLee