O que acontece esse semestre

Dia 29 de março de 2016 começa mais uma turma de Processos Históricos no Sesc Pompéia, mesmo horário nas terças feiras.

Serão doze encontros de 3 horas, finalizando o curso dia 14 de junho.

Como sempre eu inicio com a cianotipia e já comecei o ano fazendo muitos testes, em diferentes papéis e tamanhos.

Certa vez fiz a compra de químicos e o fornecedor acabou me enviando o Citrato marrom. Como eu sempre aprendi que ele é mais fraco e etc, achei que tudo estava perdido…

Até testar ele. De início não percebi muita diferença, mas colocarei minha conclusões aqui logo logo (prometo Alexander).

Segue o Link do curso: Curso De Processos Históricos – Pompéia

As inscrições já foram, mas eu garanto que sempre dou uma olhada na lista de espera.

 

Neste semestre não teremos o curso com o Serginho Ferreira, mas talvez no semestre que vem.

Tenho feito alguns testes com anthotypes, resolvi plantar algumas flores para continuar a fazer algumas fotos. (frase estranha) Mas é que gosto de plantas, acabei juntando uma coisa com a outra.

PSX_20160315_132443

Papel com sumo de rosas – Rosa de cor de rosa, trepadeira. Que será que aparece aqui?

 

E em abril tem curso com a Simone Wicca no Imagineiro !!

São só cinco vagas e o espaço de aula é na Casa Ranzini, Rua Santa Luzia, 31.

http://www.imagineiro.com.br/anthotypes-com-simone-wicca/

Curso Fotografia Alternativa e Sistema de Zonas 2015

É com muito prazer que divulgo os cursos desse semestre e teremos Fotografia Alternativa às terças à noite e um novo curso Sistema de Zonas Preto e Branco em parceria com o fotógrafo e laboratorista Sergio Ferreira – um dos meus mestres – que chamo carinhosamente de Serginho.

Na Fotografia Alternativa vamos fazer Cianotipia, Marrom Van Dyke e Papel Salgado. A partir desses processos trabalharemos com viragens e tonalizações possíveis no lab e até mesmo interações entre esses processos.

Meus humildes primeiros pincéis, era o que eu podia pagar na época.

Meus humildes primeiros pincéis, era o que eu podia pagar na época.

mais informações sobre esse curso aqui

O Sistema de Zonas é uma parte da fotografia que eu amo e acho incrível. E fazer esse curso com quem eu aprendi é muito mais que gratificante. Serginho foi meu mestre no laboratório preto e branco e na fotografia cor. Foram dois anos de acompanhamento e agradeço de coração a todo o ensinamento que tive. Claro que tive muitos outros mestres, mas o Sergio virou amigo, de compartilhar gostos musicais (ouvi mais Nina Simone por causa dele) e na época eu fazia kung fu e daí ele também se empolgou em voltar para as artes marciais. Aprendi o Sistema de Zonas quando havia Grupos de Estudo no Senac e isso era uma atividade extra. O grupo era comandado pelo Paulo Rossi e Sergio e de fato o Paulo teve muita paciência comigo para eu entender esse processo todo. Como ele não mora mais em SP vai aqui minha homenagem, se estivesse aqui provavelmente seria ele e o Serginho – a dupla dinâmica.

Saíamos à tarde pela Lapa para fazer imagens para o estudo no grupo e não esqueço e acho que vai ser difícil esquecer aqueles dias que o preto e branco ficou mais claro e divertido para mim. (eu sou bem nerds nesse sentido e com orgulho)

Minha gratidão ao Paulo Rossi e Serginho.

Maiores informações sobre o Sistema de Zonas no Sesc aqui

As inscrições começam hoje. Me perdoem a demora na divulgação, mas para quem não é comerciário ainda dá tempo de se programar, pois é amanhã o dia de ficar na fila.

INSCRIÇÕES:

Terça, 17/3, das 18h30 às 21h30:

Para trabalhadores no comércio de bens, serviços e turismo matriculados e dependentes.

Quarta, 18/3, das 18h30 às 21h30:

Para interessados em geral.

2ª CHAMADA:

Sábado, 21/3, das 10h às 17h: para todos os interessados que não tenham se inscrito em nenhum curso.

VAGAS REMANESCENTES:

A partir de domingo, 29/3, das 10h às 17h, recomeçam as inscrições para todos os interessados nos cursos que ainda tenham vagas disponíveis. É a oportunidade para quem já se inscreveu em um curso se inscrever em outro(s). Até o fim das vagas.

Mensalidade:

  • Credencial Plena: R$ 15,00
  • Meia: R$ 30,00
  • Inteira: R$ 60,00

Curso de Fotografia Alternativa – 2º semestre 2014

 

O curso desse semestre já lotou e nem consegui avisar antes. Fiquei meio atrapalhada com algumas coisas novas que surgiram nesses últimos meses e não coloquei a divulgação aqui.

Mas é com grande prazer que estou lá nas Terças à noite para mais uma turma de Fotografia Alternativa.

Ainda tem algumas vagas remanescentes em outros cursos de várias áreas nas Oficinas.

 

Acesse: oficinas.sescsp.org.br

 
Captura de tela 2014-08-14 11.37.02

Ateliê dos Músicos Fotógrafos Desenhistas Audiovisuais Gráficos Artesãos

O Sesc Pompéia está com uma programação interessante nessas férias, relacionado à música.
Pena que estarei viajando, senão faria alguns que estivessem com vagas abertas. Mas vou pra Presidente Prudente, dar oficinas de pinhole!! Amo pinhole…
Pra quem fica em São Paulo, fica a dica pra novas experiências ou troca de conhecimentos.

Gravura Intuitiva com Kiko Dinucci

O músico Kiko Dinucci compartilha seu processo intuitivo de criação em xilogravura, propondo uma série de exercícios práticos sobre o negativo e o positivo da estampa e apresentando técnicas convencionais e alternativas de impressão.

Duração 4 encontros
Dias 12, 19 e 26/07 e 2/08
Terças, das 19h às 22h

Patchwork com Dona Jandira

Dona Jandira iniciou sua carreira musical em 2004, aos 66 anos. Desde então tem sido considerada uma grande revelação da música em Minas Gerais. Antes de ser musicista, atuou como educadora e desenvolveu um consolidado trabalho como artesã. Nesta oficina, Dona Jandira escolheu a técnica do patchwork para compartilhar suas experiências com os participantes.

Duração 4 encontros
Dias 19, 20, 21 e 22
Terça a sexta, das 14h30 às 17h

Experiências audiovisuais com Audiovisualismo

O DJ e VJ Audovisualismo, Flavio Reis, propõe ao público o desafio de explorar as possibilidades artísticas dos cruzamentos experimentais entre áudio, video, design e live images, via suportes que variam da caneta e papel à softwares, internet, multi projeções, controladores MIDI.

Duração 5 encontros
Dias 12, 14, 19, 26 e 28
Terças e quintas, das 19h ás 21h30

Primeira Linha com o Hurtmold Mario Cappi

O guitarrista da banda paulistana Hurtmold, Mario Cappi, demonstra suas produções visuais, como cartazes de shows e artes de álbuns, entre eles capas das bandas Hurtmold, M.Takara e CPM22, e propõe aos participantes exercícios de desenho de observação, ilustração e de criação de imagens mesclando as interfaces digitais e analógicas.

Duração 4 encontros
Dias 13, 20, 27 e 29/07
Quartas e sextas, das 19h às 22h

Linguagem fotográfica com Pedro Sá

Pedro Sá, guitarrista da banda Cê, que acompanha Caetano Veloso, possui uma produção paralela em fotografia. Ele irá compartilhar suas experiências, mostrar seus trabalhos e suas referências propondo ao participante alguns exercícios fotográficos para serem discutidos coletivamente.

Duração 4 encontros
Dias 20, 22, 27 e 29
Quartas e sextas, das 20h às 22h

Experimentações analógicas para desenho digital com Tulipa Ruiz

A jovem cantora paulistana, Tulipa Ruiz, flerta com as artes visuais e desenvolve trabalhos autorais no campo da ilustração misturando técnicas de desenho, pintura e colagem com criações digitais. Nesta oficina, a artista irá promover encontros de criação e experimentação com desenhos feitos em papel e na tela do computador.

Duração 4 encontros
Dias 19, 20 e 21
Terça a quinta, das 19h às 22h

Estampas Rock’n’roll com o Forgotten Boy Gustavo Riviera

Gustavo Riviera, vocalista e guitarrista da banda Forgotten Boys, parte do universo do Rock como referência para orientar uma oficina de produção de estampa para camiseta. A oficina aborda desde a criação da estampa através de desenho e manipulação digital, até uma técnica simples de impressão na camiseta.

Duração 5 encontros
Dias 8, 13, 15, 20 e 22/07
Quartas e sextas, das 19h às 22h

Práticas em Direção de Arte com Nina Becker

A cantora e diretora de arte Nina Becker irá explorar a construção visual como linguagem integrada, dentro do conceito de Direção de Arte. Com estudos sobre criação gráfica e investigação de materiais (colagem, desenho e tecido), o curso abordará a formulação e aplicação de conceitos nas mais variadas linguagens artísticas.

Duração 1 encontro
Dia 30
Sábado, das 10h às 17h, com intervalo para almoço

Fotografia de show com Dani Gurgel (já esgotou)

A cantora paulistana Dani Gurgel aborda a fotografia como possibilidade expressiva, para isso propõe como exercício o registro de shows musicais.

Duração 4 encontros
Dias 14, 21, 28/7 e 4/8
Quinta, das 19h às 21h30

Inscrição pessoalmente a partir das 19h do dia 5/07, terça, nas Oficinas de Criatividade.

R$ 28,00 para interessados em geral.
R$ 14,00 para usuário matriculado, maiores de 60 anos, estudantes, professores de rede pública de ensino com comprovante.
R$ 7,00 para trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculados e dependentes.

Horário de funcionamento do atendimento

Terça a sexta, das 13h às 17h30 e das 18h30 às 22h. Sábados, das 9h às 12h e das 13h às 18h

Classificação indicativa: 16 anos

SESC POMPEIA
Rua Clélia, 93. São Paulo / SP
tel. (11) 3871.7700
http://www.sescsp.org.br
facebook.com/sescpompeia

Dusting On

Alguns anos atrás vi a primeira técnica de processos históricos com a qual entrei em contato. Foi o tipo de coisa que eu buscava aprender e não sabia como.
Um amigo me mostrou e fiquei encantada, pois a revelação é a seco, e permite uma imagem em vidro, que era o que eu queria fazer.
Depois de um tempo fui estudar esses processos, e foi bem difícil acertar a fórmula, pois os escritos dele não mencionavam certos cuidados que precisava ter com a imagem.
Após muitas tentativas, muitas e muitas, e com a ajuda do professor Kenji consegui acertar a fórmula e o método. Passei pro professor, assim vi meu trabalho e
insistência serem multiplicados entre seus próximos alunos. E isso me fez ver a diferença que fiz para as aulas de processos alternativos.
Claro que não fiz nada sozinha, tive o mestre e uma amiga, Luciana Fonseca, que também queria aprender o processo. A partir daí que percebi como
é legal ser professor.
Esse processo ensino em junho, no Sesc Pompéia.
Referência em livros só achei em um livro mesmo, por indicação do professor Kenji, muito raro de encontrar outra citação sobre a técnica.

Logo mais postarei como ele é feito. Tenho tentado me organizar para postar um passo a passo das técnicas, acho que agora vai dar certo.